Uso de 177Lu-PSMA-617 no tratamento dos pacientes com câncer de próstata metastático resistente a castração – VISION TRIAL
06/08/2021
Segurança e eficácia do pembrolizumabe em comparação com o placebo no melanoma ressecado em estágio II de alto risco : KEYNOTE-716
17/08/2021

Estudo randomizado fase II avaliando 2 tratamentos sequenciais no câncer de pâncreas metastático: PANOPTIMOX-PRODIGE 35.

Comentado por Dra. Carolina Matias

Estudo publicado em julho de 2021 no Journal of Clinical Oncology por pesquisadores franceses.  O mesmo grupo havia previamente publicado os resultados do estudo PRODIGE 2 que demonstrou superioridade do esquema FOLFIRINOX quando comparado com gencitabina em sobrevida global. Este esquema tem toxicidade importante e portanto outras opções de tratamento devem ser avaliadas.

Neste estudo PANOPTIMOX-PRODIGE 35 foram randomizados 276 pacientes para 6 meses de FOLFIRINOX (braço A), 4 meses de FOLFIRINOX seguido por manutenção com fluorouracil e leucovorin (braço B) ou um tratamento alternando gencitabina e fluorouracil, leucovorin e irinotecano a cada 2 meses (braço C). O objetivo primário foi sobrevida livre de progressão em 6 meses.

Neurotoxicidade grau 3 ou 4 foi reportada em 10,2% dos pacientes no braço A e 19,8% no braço B. A sobrevida livre de progressão em 6 meses foi 47,1% no braço A, 42,9% no braço B e 34,1% no braço C. A sobrevida livre de deterioração na qualidade de vida foi de 11,4 meses para o braço da manutenção, superior em comparação com os braços A e C (7,2 meses e 7,5 meses, respectivamente).

Os autores concluem que o tratamento de manutenção para os pacientes com câncer de pâncreas metastático que obtém bom controle da doença após 4 meses de quimioterapia com FOLFIRINOX é seguro e efetivo. A maior taxa de neuropatia provevelmente deve-se à maior dose cumulativa de oxaliplatina nesses pacientes.

Tal estudo apoia a desintensificação da quimioterapia para pacientes com câncer de pâncreas metastático, sem prejuizo nos resultados de sobrevida e com ganho do tempo com qualidade de vida.

Author profile
Dra. Carolina Matias
Médica Oncologista at Real Instituto de Oncologia

Graduação em Medicina: Universidade Federal de Pernambuco.
Residência em Clínica Médica: Hospital das Clínicas da UFPE.
Residência em Oncologia Clínica: AC Camargo Cancer Center, São Paulo-SP.
Mestre em Medicina Tropical pela UFPE.
Tutora de medicina da Faculdade Pernambucana de Saúde.
Preceptora da Residência de Oncologia Clínica do Real Hospital Português e do IMIP e da residência de clínica médica do Hospital Barão de Lucena

Buy now