Keynote 158 e Keynote 028 – Imunoterapia com pembrolizumabe isolado no Câncer de Pulmão Pequenas Células.
15/07/2019
Quimioterapia Neoadjuvante em Câncer de Pâncreas Localmente Avançado
26/08/2019
 
 

Inibidores de ciclinas aumenta sobrevida global no tratamento de câncer de mama metastático.

Por Caroline Patu

Na ASCO de 2019 foram apresentados os dados de sobrevida global do MONALEESA 7. Este estudo mostrou que a adição do ribociclibe a terapia endócrina aumentou a sobrevida de pacientes na pré-menopausa com câncer de mama receptor hormonal positivo, HER-2 negativo em comparação com a terapia endócrino isoladamente.

Participaram deste estudo 672 mulheres sem exposição prévia á terapia endócrina,  randomizadas para receber ribociclibe ou placebo, todas as pacientes receberam goserrelina associado a inibidor de aromatase ou tamoxifeno. Com acompanhamento médio de 42 meses, a taxa de sobrevida foi de 70,2% para terapia combinada versus 46% do grupo que recebeu apenas terapia endócrina, com redução relativa de morte de 29%. As reações adversas mais frequentes foram neutropenia, náuseas, fadiga, alopecia.

O estudo MONARCH 2 randomizou mulheres com câncer de mama avançado receptor hormonal positivo, HER 2 negativo, que apresentavam progressão durante terapia neadjuvante, adjuvante ou que tinham progredido com menos de 12 meses, para
receber fulvestranto associado a abemaciclibe ou hormonioterapia isolada. A combinação mostrou redução de 45% no risco relativo de progressão de doença ou morte. Em 30 de julho a Lilly reportou que a combinação de abemaciclibe em combinação com fulvestranto também demonstrou aumento de sobrevida global em análise interina.

Em resumo esta classe de drogas orais, tem um importante papel no tratamento de neoplasia de mama avançado, receptor hormonal positivo, com ganho de sobrevida global e efeitos adversos manejáveis, evitando o uso de quimioterapia na maioria das vezes.

Author profile
Dra Ana Caroline Patu
Médica Oncologista at Real Instituto de Oncologia

Graduação em medicina na Universidade Federal de Pernambuco.

Residência médica em oncologia clínica no Hospital Sírio Libanês, São Paulo-SP.

Oncologista do Real Instituto de Oncologia e do Hospital das Clínicas da UFPE.

Preceptora de Residência médica de Oncologia Clínica do Real Hospital Português.

Buy now